Marcelo Oliveira critica gramado, mas elogia segundo tempo do Cruzeiro

Treinador não gostou do primeiro tempo contra o Santa Rita-AL, mas diz que, no segundo tempo, Raposa poderia ter feito mais gols

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Cruzeiro confirmou classificação às quartas de final da Copa do Brasil ao vencer o Santa Rita-AL, por 2 a 1, na última quarta-feira, no estádio Coaracy Fonseca, em Arapiraca-AL. Com invencibilidade de 17 jogos nesta temporada, Marcelo Oliveira quase viu seu recorde à frente do comando da Raposa ir “por água abaixo”. Isso, pois a Raposa começou perdendo para os alagoanos por 1 a 0.

O tento do Santa Rita-AL foi anotado no último lance do primeiro tempo. Além do gol da equipe adversária, Marcelo Oliveira mostrou descontentamento pela condição do gramado do estádio Coaracy Fonseca e com a forma como o Cruzeiro atuou na primeira etapa.

“Naturalmente, não gostamos do primeiro tempo. O adversário teve uma adaptação melhor ao estado ruim do gramado do que nós. Tivemos poucas oportunidades no primeiro tempo e marcamos distante”, criticou.

Apesar das críticas, o comandante elogiou o segundo tempo do Cruzeiro e disse que só dois gols ficaram barato para o Santa Rita-AL. “No segundo tempo nosso jogo melhorou, ajustamos a marcação e fizemos os dois gols. E poderia ter saído mais”, comentou.

O próximo adversário do Cruzeiro na Copa do Brasil será o ABC-RN, nas quartas de final do mata-mata. Os mando de campo e os horários dos jogos serão marcados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que divulgou apenas as datas dos compromissos: 1º e 15 de outubro próximos. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamarcelo oliveiracopa do brasilsanta rita-al