Aécio decidirá sobre 2º turno

O senador disse que se reuniu nesta terça com a coordenação da campanha, em São Paulo, e não há nenhum “problema” causado por sua declaração

iG Minas Gerais |

São Paulo. Coordenador geral da campanha de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República, o senador José Agripino Maia (DEM-RN) disse nesta terça que o tucano é quem vai decidir os rumos da coligação no segundo turno se não conseguir avançar na disputa pelo Palácio do Planalto.  

Agripino negou haver crise na campanha de Aécio depois de sua declaração de que o tucano estará ao lado de Marina Silva (PSB) no segundo turno. “O que eu tenho a dizer é aquilo que eu assino: uma nota que transmite o meu pensamento. O resto é pura especulação. Se houver segundo turno, quem vai decidir o nosso rumo é o candidato Aécio”, afirmou.

A nota a que Agripino se refere foi divulgada nessa segunda, depois de ele ter declarado que “tanto pode dar Aécio apoiando Marina quanto o contrário”. Na nota, o senador afirma que “alianças para o segundo turno serão discutidas quando ele vier, oportunidade em que esperamos contar com o apoio daqueles que, como nós, desejam mudanças”.

O senador disse que se reuniu nesta terça com a coordenação da campanha, em São Paulo, e não há nenhum “problema” causado por sua declaração. “O assunto está esclarecido”.

A avaliação de Agripino foi considerada “desastrada” e “infeliz” por pessoas próximas a Aécio. A fala trouxe desconforto ao candidato do PSDB, que já vem lidando com uma agenda negativa nos últimos dias, desde que apareceu em terceiro lugar nas pesquisas, quase 20 pontos percentuais atrás de Dilma Rousseff (PT) e Marina, que estão empatadas. Após o debate no SBT nessa segunda, o candidato afirmou: “Eu pretendo estar no segundo turno e ganhar a eleição”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave