Agosto tem resultados ruins

O presidente da Fenabrave, Flavio Meneghetti, disse que a entidade foi surpreendida com o tamanho da queda nas vendas

iG Minas Gerais |

São Paulo. As vendas de automóveis e comerciais leves, caminhões e ônibus, motocicletas, implementos rodoviários, máquinas agrícolas e outros veículos emplacados – ou seja, o total de veículos comercializados – em agosto chegaram a 404,2 mil unidades, queda de 7,43% sobre as 436,6 mil unidades de julho e de 16,05% em relação aos 481,5 mil veículos de agosto de 2013. Os dados foram divulgados nesta terça pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).  

O presidente da Fenabrave, Flavio Meneghetti, disse que a entidade foi surpreendida com o tamanho da queda nas vendas. Segundo ele, a falta de crédito no mercado continua sendo o principal fator que limita as vendas. O executivo acredita, no entanto, que o segmento deve se recuperar no último trimestre. “Fomos surpreendidos com um mês de agosto menor (em termos de vendas) até mesmo que junho, época da Copa do Mundo”, afirmou Meneghetti.

Ele avalia que as indústrias estão se “reajustando”, embora os estoques continuem elevados. E prevê que o setor vai se recuperar nos próximos três meses.

Previsões

Retração. A Fenabrave não revisou as projeções de emplacamentos para 2014: espera queda de 7,75% para automóveis e comerciais leves e de 6,5% para o geral.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave