Depois de ser condenado, Cee Lo Green causa polêmica no Twitter

A publicação faz referência ao caso em que Green foi condenado pela Justiça por posse de ecstasy; Ele teria fornecido a droga para uma mulher, antes de ter "relações consensuais" com ela

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Björk, Justice, James Blake e Mogwai já estão garantidos no evento
Divulgação
Björk, Justice, James Blake e Mogwai já estão garantidos no evento

Comentário publicado por Cee Lo Green, no Twitter, colocou o cantor em meio a mais uma polêmica. Na página, ele escreveu: “Pessoas que realmente foram estupradas SE LEMBRAM!!! Se alguém desmaiou, não está sequer COM você conscientemente! Então o COM implica consentimento".

A publicação faz referência ao caso em que Green foi condenado pela Justiça por posse de ecstasy. Ele teria fornecido a droga para uma mulher, antes de ter "relações consensuais" com ela. A jovem disse não se lembrar de como foi parar na cama do cantor, onde acordou nua. Por falta de provas, ela não formalizou nenhuma acusação de estupro.  As informações foram divulgadas pelo jornal inglês “The Guardian“.

Depois de publicar as mensagens no Twitter, o perfil do cantor recebeu vários comentários contra a posição dele. Após a polêmica, a conta foi apagada da rede social. Cee Lo Green ainda tentou esclarecer a confusão, pedindo desculpas aos fãs:  “Primeiro me permitam louvar a deus por dispensar justiça e liberdade! Em segundo lugar, peço desculpas por meus comentários terem sido tirados de contexto. Só queria ter uma saudável troca de ideias para ajudar aqueles que me amam a dirimir a dor que já causei com tudo isso. Por favor me perdoem, pois foi seu apoio que me ajudou durante tudo isso. Eu nunca toleraria violência contra qualquer mulher. Obrigado.”

Na semana passada, o cantor foi condenado a cumprir três anos de condicional e 45 dias de serviço comunitário. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave