É proibido imitar Lula

TSE decide que candidatos não podem simular voz do presidente em apoio

iG Minas Gerais |

Lula diz que 'reza todo dia' para candidato petista vencer em Minas
MARCIO FERNANDES - 1.4.2013
Lula diz que 'reza todo dia' para candidato petista vencer em Minas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se pronunciou nesta segunda-feira (1/9) proibindo que propagandas eleitorais usem imitadores de Lula para pedir votos. O caso se deu com o julgamento de um caso envolvendo a disputa pelo Senado por Goiás. Naquele Estado, o candidato Aguimar Jesuíno usa um imitador sugerindo voto no senador e na candidata a presidente Marina Silva (PSB).

O caso foi julgado pelo ministro do TSE Herman Benjamin, após representação da coligação "Com a Força do Povo", que sustenta a candidatura de Dilma Rousseff (PT). Em sua decisão liminar, o ministro citou a posição do colega Tarcísio Veira, que determinou que o Google retirasse imediatamente do Youtube um vídeo montado para simular um apoio de Lula a Marina Silva. No caso em questão, também em Goiás, não era um imitador, mas o próprio Lula no ar. No entanto, sua fala era em apoio à candidata ao Senado Marina Santana e foi montada com a logomarca de Marina Silva.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave