Sada Cruzeiro vive habitual 'pique acelerado' na temporada

Celestes se desdobram para participar do Mineiro e do Torneio de Irvine, nos EUA, pouco antes de começar a Superliga

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Sada teve boa atuação no clássico deste sábado, diante do Minas
Sada teve boa atuação no clássico deste sábado, diante do Minas

Enquanto as equipes ainda estão em ritmo de início do campeonato, o Sada Cruzeiro está no caminho inverso. O grupo faz nesta quarta o terceiro jogo do Campeonato Mineiro, e acelera sua programação para disputar o Torneio de Irvine, nos Estados Unidos, de 22 a 27 de setembro, em que o time se sagrou bicampeão em 2011.

“Está tudo meio corrido, mas esse torneio que vamos disputar nos Estados Unidos também vai ajudar bastante o time a ganhar mais entrosamento para as próximas competições, como a Superliga”, conta o ponteiro cubano Leal.

O pique acelerado pode parecer estranho aos olhos de quem ainda não conhece o trabalho dos celestes, mas é rotina na vida dos comandados de Marcelo Mendez. Desde 2012, quando conquistou quatro títulos em um ano, a intensidade das temporadas estreladas é praticamente a mesma.

Na época, depois de se sagrar campeão pela primeira vez da Superliga, o grupo teve um breve período de férias, e já entrou em quadra para jogar o Campeonato Mineiro. Com o título conquistado pela quarta vez, os celestes logo entraram na disputa da Superliga e tiveram que adiantar seu apertado calendário, já que iriam participar do Mundial de Clubes, pela primeira vez, em casa.

Além de usar os jogos do Nacional para dar ritmo, a equipe encaixou ainda mais seu estilo de jogo e faturou o inédito título do Mundial. Novo recesso para os atletas serviu para renovar o fôlego do time, que além da Superliga, já se preparava para a Copa Brasil, competição que dá vaga ao Sul-Americano.

A final, em janeiro de 2014, teve vitória celeste no tie-break sobre o Sesi-SP, e classificação para o torneio latino, disputado no mês seguinte, no Minas Tênis Clube. A decisão foi contra o UPCN-ARG, a quinta protagonizada pelo grupo de Mendez em cinco competições, e mais um título foi conquistado. O Sada Cruzeiro ainda chegou a disputar outro Mundial, em maio, em Belo Horizonte, e fechou a temporada 2013/2014 com cinco canecos em mãos.