Caminhoneiro é preso com cerca de 50 m³ de madeira sem nota na BR-040

Condutor alegou que madeira foi extraída da região e que seria utilizada em uma olaria; homem também não apresentou licença ambiental da carga

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Licença ambiental da carga não foi aprensentada
Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
Licença ambiental da carga não foi aprensentada

Uma carga de cerca 50 m³ de madeira nativa do Cerrado, sem nota fiscal e sem licença ambiental, foi apreendida, na manhã desta terça-feira (2), na BR-040, em João Pinheiro, na região Noroeste de Minas Gerais. O motorista do caminhão foi preso.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), era feito um patrulhamento de rotina na via, quando os policiais se depararam com o caminhão carregado de madeira na altura do km 130. Como o condutor, de 36 anos, não apresentou nem nota fiscal do produto e nem a guia de controle ambiental, o material foi apreendido.

Ele alegou que a madeira seria utilizada em uma olaria (local de fabricação de tijolos) no povoado de Ruralminas e que teria sido extraída da região. Por haver indícios de crime ambiental, o motorista foi encaminhado com a carga para Delegacia de Polícia Civil de João Pinheiro.

 

Leia tudo sobre: madeiracargasem nota fiscal