Projeto custa até 2% da obra, diz Consol

iG Minas Gerais |

Um projeto custa até 2% do valor do empreendimento, segundo a Consol, que projetou o viaduto Batalha dos Guararapes. Como a obra custou em torno de R$ 15 milhões, o projeto saiu por no máximo R$ 300 mil.

A empresa recebeu R$ 3,5 milhões para fazer dez estruturas na avenida Pedro I e serviços como drenagem, estudos topográficos, geotécnicos e ambientais, e projetos geométricos da duplicação da via e de drenagem.

A Polícia Civil já confirmou, em nota, que uma falha de projeto é a causa da queda do elevado, pois foi dimensionado menos aço que o necessário para a sustentação. O laudo da perícia será oficialmente apresentado amanhã. Informações obtidas pela reportagem dão conta de que a memória de cálculo do projetista tem 13 erros.

O diretor-presidente da Consol, Maurício de Lana, no entanto, alega que as causas do desabamento estão na construção, e não no projeto. “O projeto adotou a solução de bloco rígido, em que se emprega mais concreto e menos aço”, afirma. (JS)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave