Torcedora que xingou Aranha planeja pedido de desculpas

Patrícia Moreira reuniu-se, na manhã desta segunda-feira com seu advogado, que afirmou que sua cliente agiu no calor do jogo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

ESPORTES - RACISMO - 29.08.2014
Patricia Moreira , torcedora gremista que chamou o goleiro Aranha de
Reprodução / Facebook
ESPORTES - RACISMO - 29.08.2014 Patricia Moreira , torcedora gremista que chamou o goleiro Aranha de " macaco " ja havia postado em rede social uma foto fazendo comparacoes racistas . Ela foi flagrada durante a partida entre Gremio x Santos , nesta quinta-feira (28) . FOTO : Reproducao / Facebook

A torcedora do Grêmio que chamou o goleiro Aranha de macaco, na última quinta-feira, já planeja um pedido de desculpas ao jogador do Santos. Esta será apenas a primeira atitude de Patrícia Moreira, decidida em reunião com seu advogado na manhã desta segunda-feira.

Na chegada ao local da reunião, ao lado da ex-sogra e do irmão, Moreira não quis dar entrevistas e pediu que fotos não fossem tiradas. Segundo seu advogado, ela agiu no calor da emoção.

"Ela quer fazer um pedido de desculpas ao Aranha. Ela também quer pedir desculpas ao Grêmio e aos torcedores pelo xingamento, que foi infeliz, num momento de pressão do jogo. Aquilo aconteceu no calor do jogo, ela não é uma pessoa racista", argumentou Guilherme Abrão, ao globoesporte.com

Ele ainda não teve acesso ao inquérito, mas possui procuração para agir como representante da torcedora, que foi demitida do emprego no dia seguinte ao ocorrido. Segundo o advogado, a origem de Moreira não condiz com o que muitos estão pensando.

"Ela é de uma família humilde, então tem amigos negros, que jamais tiverem qualquer tipo de problema com ela. Infelizmente, no futebol, que a gente sabe que prevalece muito mais a paixão, e ela fez um xingamento errado, e foi flagrado, e ela vai responder", analisa. Dias após o incidente, Patrícia teve sua casa apedrejada, além de ter recebido ameaças em redes sociais. O goleiro Aranha afirmou ao programa Fantástico que tem dó da torcedora. 

Envolvidos. Além dela, outra pessoa já foi identificada. "A intimação da Patricia vai acontecer, no máximo, até o final da semana. Já identificamos um outro torcedor, mas há mais gente. No depoimento do Aranha, ele foi bem claro ao dizer que várias pessoas o xingaram", comenta o delegado Herbert Moura Ferreira, responsável pelo caso.

O julgamento está marcado para a próxima quarta-feira. O Grêmio vai responder por discriminação racial dos torcedores, além do arremesso de papel higiênico no gramado e atraso. O clube pode até ficar de fora da Copa do Brasil, além de ter que pagar multa que pode chegar aos R$ 200 mil.