Etiene Medeiros abre Finkel com recorde sul-americano

Marca continental era, até então, de 57s63, registrada pela nadadora Fabíola Molina, em 2009

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Etiene retorna ao Brasil nesta terça-feira para continuar os treinamentos
SATIRO SODRE - CBDA
Etiene retorna ao Brasil nesta terça-feira para continuar os treinamentos

Etiene Medeiros abriu com "chave de ouro" o Troféu José Finkel, realizado em Guaratinguetá. Na manhã desta segunda-feira, no primeiro dia de eliminatórias, ela quebrou o recorde sul-americano dos 100 metros costas ao nadar a prova em 57s53, além de superar o índice para o Mundial em Piscina Curta (25 metros) de Doha, que é de 58s14. Já a marca continental era de 57s63, registrada por Fabíola Molina, em 2009.

"Eu tinha igualado o recorde sul-americano ano passado no Japão, na Copa do Mundo de Natação. Eu confesso que fiquei bastante surpresa, porque estamos vindo do Pan-Pac (Campeonato Pan-Pacífico, na Austrália). Foi uma grata surpresa", disse Etiene.

Além de Etiene, as primeiras atividades do Finkel registraram outros dois índices para o Mundial de Piscina Curta, marcado para o período entre 3 e 7 de dezembro, no Catar. Um deles foi na versão masculina dos 100 metros costas, com Guilherme Guido, que marcou 50s50, abaixo do índice para o Mundial, que é de 51s08, e bem próximo do seu recorde do campeonato - 50s46.

Já João de Lucca marcou 1min43s198 nos 200 metros livre, abaixo do índice da prova, que é de 1min44s84. "À noite acho que vai estar mais frio. Agora está uma temperatura agradável e resolvi tentar forçar garantir um tempo bom desde já", disse.

Nesta tarde, a partir das 17 horas, serão disputadas as finais dos 100m medley masculino e feminino, dos 200m livre masculino e feminino, dos 100m costas masculino e feminino, do revezamento 4x50m livre masculino e feminino, além da disputa da série forte do 1500m livre feminino.

Leia tudo sobre: etiene medeiresrecordesul-americanojose finkelnataçao