Mulher suspeita de sequestrar bebê recém-nascido é presa no Rio

A investigação aponta que a mulher pretendia apresentar o recém-nascido para o atual companheiro como se fosse filho do casal

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma mulher suspeita de sequestrar um bebê de menos de um mês de vida, na última semana, em Campo Grande, zona oeste do Rio, foi presa no início da manhã desta segunda-feira (1º). Segundo a Polícia Civil, Leandra Aleluia Leal se entregou na delegacia da região acompanhada de um advogado.

A reportagem tentou contato com o advogado da suspeita, mas ele não foi encontrado. Leandra Leal, que teria fingido ser uma agente de atores, tinha um mandado de prisão preventiva.

Imagens das câmeras de segurança de comércios mostram a mulher circulando no ponto em que o bebê foi sequestrado junto com a filha adolescente. Leal teria sido vista por testemunhas fugindo com a criança.

A investigação aponta que a mulher pretendia apresentar o recém-nascido para o atual companheiro como se fosse filho do casal. De acordo com a polícia, ela revelou aos investigadores que perdeu o bebê que esperava e não contou sobre o aborto ao namorado.

O bebê foi achado na última quinta-feira (28) por um PM em uma casa em Santa Cruz, zona oeste. O policial disse na 35ª DP (Campo Grande) que ouviu uma conversa por telefone de sua mulher com a suspeita. Ele afirmou que as duas são primas. A criança foi resgatada sem ferimentos. Em seguida, ela foi entregue aos pais.

Leia tudo sobre: sequestrobebêrecém-nascidoRio de JaneiroCampo GrandeBrasilprisão