Forças iraquianas e curdas recuperam cidade sob controle do EI

A operação contou com o apoio da aviação iraquiana, e o Exército e os peshmergas avançam em direção das aldeias próximas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Exército do Iraque e as forças curdas (peshmergas) recuperaram nesta segunda-feira (1º) o controle da cidade de Suleiman Bek, após mais de dois meses de ocupação pela facção Estado Islâmico (EI), segundo fontes de segurança.

As forças mistas, com o apoio de milícias de voluntários, mataram cerca de 30 radicais nos combates pela libertação de Suleiman Bek, localizada a 90 quilômetros de Tikrit.

"Suleiman Bek está sob controle das forças conjuntas, mas ainda há perigo por conta dos explosivos que os rebeldes podem ter deixado para trás", afirmou Shallal Abdul Baban, funcionário do governo local.

A operação contou com o apoio da aviação iraquiana, e o Exército e os peshmergas avançam em direção das aldeias próximas.

Equipes de especialistas começaram a desativar os artefatos explosivos instalados pelos extremistas em ruas, casas e instalações do governo local de Suleiman Bek.

No domingo (31), as forças mistas iraquiana-curdas romperam o cerco imposto há dois meses e meio pelos extremistas na cidade de Amerli, de maioria xiita e turcomana. Havia o temor de que os extremistas cometessem um massacre de civis na localidade.

Além disso, foram libertadas durante a operação os povoados de Al Salam, Yankaya e Anyana.

Há mais de dois meses, várias zonas nas periferias de Tuz, Suliman Bek e Amerli, todas elas na província de Saladino, permaneciam em mãos do EI.

O grupo extremista efetuou rápidas conquistas em junho e declarou um califado (Estado que segue as leis islâmicas) nos territórios da Síria e Iraque sob seu controle.

Leia tudo sobre: IraqueCurdosinsurgentesaviaçãoconflitoSuleiman BekEstado Islâmico