Segunda temporada com novos hóspedes

Sucesso da televisão paga, humorístico estreia hoje com episódio ao vivo

iG Minas Gerais |

Família. A atriz Tatá Werneck (ao centro, de amarelo) é uma das novas caras do programa
multishow/divulgação
Família. A atriz Tatá Werneck (ao centro, de amarelo) é uma das novas caras do programa

São Paulo. Com um humor escrachado que lembra clássicos da TV, como “Sai de Baixo” (Globo, 1996-2002) e “Família Trapo” (Record, 1967-1971), o humorístico “Vai que Cola” chega à sua segunda temporada hoje, às 22h30, no Multishow. O primeiro capítulo será ao vivo.

Segundo o Ibope, a série atingiu mais de 11 milhões de telespectadores em seu primeiro ano e se tornou a maior audiência de um programa da TV paga no Brasil nos últimos dez anos. “A atração agradou a todas as classes e idades. A família assiste junto, e as mulheres são o nosso maior público”, comenta o diretor Cesar Rodrigues.

Novas e divertidas trapalhadas devem agitar a pensão da dona Jô (Catarina Abdala), cenário do humorístico. Mãezona, cabe a ela colocar uma ordem na bagunça feita pelos hóspedes Valdomiro (Paulo Gustavo), que nunca trabalha, Ferdinando (Marcus Majel-la), que passa a fazer números em uma boate gay, Wilson (Fernando Caruso), que tenta conquistar o coração da dona da pensão, e da própria filha, Jéssica (Samantha Schmütz), que vai tentar ficar famosa pela internet. “Dona Jô serve para dar um chão a tanta gente maluca. Ela fez uma reforma geral na pensão e vai obrigar todo o mundo a vender quentinhas para pagar dívidas”, adianta Catarina.

Além dos outros hóspedes, Terezinha (Cacau Protásio), Máicol (Emiliano D'Avila) e a falsa gringa Velna (Fiorella Mattheis), a pensão vai receber Sanderson (Marcelo Médici), sobrinho paulista de dona Jô. Ele é torcedor fanático do Corinthians e vai morar no Rio de Janeiro, pois está fugindo de uns caras a quem está devendo dinheiro. A atriz Tatá Werneck também entra para o “Vai que Cola” na pele da taxista Eloísa, que faz ponto na rua da pensão e vai se envolver com os rolos dos moradores.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave