São Paulo busca 1 a 1 com Figueirense e segue em 3º

Agora, o São Paulo se prepara para enfrentar o Criciúma no próximo domingo, também fora de casa, pela 19ª rodada, a última do primeiro turno

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O São Paulo sentiu as ausências de Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato e empatou por 1 a 1 com Figueirense neste domingo em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Com o resultado, a equipe paulista se mantém na terceira posição, com 33 pontos, e encerra a rodada mais distante do líder Cruzeiro, que venceu no sábado e foi a 42. A equipe catarinense, por sua vez, soma 21 pontos e caiu para 13ª posição.

Agora, o São Paulo se prepara para enfrentar o Criciúma no próximo domingo, também fora de casa, pela 19ª rodada, a última do primeiro turno. No mesmo dia, o Figueirense vai a Porto Alegre para encarar o vice-líder Internacional.

O primeiro tempo começou com o Figueirense adotando uma marcação mais adiantada, dificultando a saída de bola do São Paulo. Apesar da pressão inicial do time da casa, foi a equipe paulista quem deu o primeiro susto. Aos 14 minutos, após jogada de Oswaldo pela esquerda, a bola sobrou na entrada da área para Kaká. O meia tocou na direita para Alan Kardec, que, na cara do gol, chutou de primeira para o goleiro Tiago Volpi defender com os pés.

A chance desperdiçada animou o São Paulo, que passou a dominar as ações do jogo. A maior posse de bola, no entanto, só foi se traduzir em nova oportunidade de abrir o placar aos 27 minutos, quando Oswaldo se aproveitou de troca de passes atrapalhada da defesa do Figueirense e achou Kaká sozinho na grande área. O meia chutou colocado, mas Tiago Volpi evitou o gol com ótima defesa.

Recuado, o Figueirense passou a buscar espaços para contra-atacar, mas sem sucesso. A única chance veio somente aos 38, com Marcão roubando a bola de Paulo Miranda pelo lado esquerdo e cruzando para o meio da área. Rogério Ceni, atento ao lance, saiu do gol e cortou o cruzamento.

Na segunda etapa, a equipe catarinense entrou mais ligada e abriu o placar logo aos 2 minutos. Em contra-ataque rápido, Clayton deu ótimo passe no meio para Giovanni Augusto, que entrou sozinho na área do São Paulo e chutou na saída de Rogério Ceni. No chão, o goleiro são-paulino defendeu o primeiro arremate, mas o atacante do Figueirense aproveitou o rebote para balançar a rede.

O gol deixou o jogo mais aberto e obrigou a equipe paulista a ser mais ofensiva. Em escanteio cobrado aos 10 minutos, Alan Kardec cabeceou para o gol, mas Tiago Volpi, bem posicionado, espalmou em grande defesa. Em busca do empate, Kaká e Oswaldo passaram a se movimentar mais. Aos 29, em jogada pela direita, Oswaldo levou tranco de Paulo Roberto na grande área e o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti. Rogério Ceni cobrou no meio do gol e empatou para o São Paulo.

Com o jogo mais tenso, Michel Bastos foi expulso nos minutos finais após se desentender com Leandro Silva. Os dois trombaram na linha de fundo da defesa do Figueirense e, no chão, o lateral são-paulino chutou o queixo de jogador do Figueirense. Foi a primeira expulsão do São Paulo na competição. Apesar da vantagem numérica, o time da casa continuou errando muitos passes e não conseguiu marcar novamente.

FICHA TÉCNICA:

FIGUEIRENSE 1 X 1 SÃO PAULO

FIGUEIRENSE - Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno (Nirley) e Roberto Cereceda; Dener, Paulo Roberto, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Clayton (Pablo) e Marcão (Everaldo). Técnico: Argel Fucks.

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Michel Bastos; Denílson, Souza e Kaká (Boschilia); Ademílson (Reinaldo). Alan Kardec e Oswaldo. Técnico: Muricy Ramalho.

GOLS - Giovanni Augusto, aos 2, e Rogério Ceni, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÃO AMARELO - Paulo Roberto, Ademílson e Kaká.

CARTÃO VERMELHO - Michel Bastos.

RENDA - R$ 317.880,00.

PÚBLICO - 16.288 pagantes.

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirosão paulofigueirense