Após a "virada" da noite, público toma café na praça da Estação

Café da manhã na praça foi acompanhado de boa música e o registro de quem passou por ali bordado na toalha de mesa

iG Minas Gerais | ALINE DINIZ |

Café da manhã na Virada Cultural
OSVALDO RAMOS
Café da manhã na Virada Cultural

Às 8h deste domingo (31), o café da manhã na praça da Estação foi um alívio para quem levou a sério o nome do evento e virou a noite na Virada Cultural de Belo Horizonte, depois de curtir o som de Diogo Nogueira, Tom Zé, além de outras atrações.

Todos queriam mesmo era sentir o cheiro do café passando pelo coador de pano. O sono e o cansaço foram sendo espantados lentamente para que as energias pudessem ser renovadas. Assim, muitos preferiram nem voltar em casa para não perder nenhum evento cultural que inunda a cidade desde esse sábado (30). Quem esteve na praça neste domingo, ouviu boa música e teve a oportunidade de bordar a toalha da mesa.

"Estou na rua desde as 20h de sábado. Pretendo continuar na programação da Revirada Cultural. Esse café da manhã está sendo excelente", considera o estudante de Engenharia Mecânica César Augusto de Castro.

Para servir o café, 40 pessoas se reservaram em dois turnos. Não faltou pão, sonho com doce de leite e outras delícias. Thereza Portes, fundadora e coordenadora do Instituto Undió e Projeto Nossa Rua, organizou a iniciativa. Ela já serve café na calçada há cinco anos."Interrompo o cotidiano com o cotidiano", explica. Ela conta que é como se estivesse em casa, além da ação ter o poder de unir pessoas diferentes. "Reúne aqui pessoas da virada, da rua ou que estão passando", exemplifica.

Além dos quitutes, teve música e bordado. A cantoria ficou por conta de Eda Costa que veio de Macacos para ajudar no café. "O convite é um privilégio, um presente. O café é uma memória afetiva. Lembra o cheiro da infância", disse depois de cantar.

Enquanto isso, pessoas bordavam a toalha da mesa. A assistente social aposentada Maria do Carmo Godinho, 64, escreveu o quanto é importante lutar para ser feliz. "Todo dia é dia de ser feliz". Para ela, todos precisam embarcar nessa luta diária.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave