'Palco do amor' tem protesto contra Lacerda

Show de Marcio Greyck e pole dance foram alguns dos destaques no local

iG Minas Gerais | Daniel de Oliveira |

Show de Marcio Greyck começou pontualmente às 22h30
Show de Marcio Greyck começou pontualmente às 22h30
Com a programação mais eclética da virada cultural, rua Guaicurus foi batizada de "palco do amor" pelo cantor Marcio Greyck, que começou seu show pontualmente às 22h30. Mas enquanto ele celebrava o amor no palco, parte do público, de cerca de 300 pessoas, acusava o prefeito Marcio Lacerda, que havia chegado ao local pouco antes do show, pela queda do viaduto na avenida Pedro I. "Aos 18 anos, frequentei o Montanhês. Tenho história aqui", afirmou o prefeito, ignorando o coro. Antes de Greyck, o palco da Guaicurus fez jus à fama de reduto das mulheres mais poderosas de Belo Horizonte. Às 22h, Naiara Beleza e Márcia Queiroz deram um verdadeiro show de pole dance. E quem acha que era só marmanjo babando na apresentação, ignora o feminismo da prática. Entre as várias mulheres aplaudindo e gritando, estava Aline Birkeller, que faz aula no Studio A, de Beleza e Queiroz. "As duas são fantásticas. Ficar de cabeça para baixo é muito difícil", afirma a gerente de loja, que fazia zumba, mas mudou para algo mais sexy. A programação na Guaicurus segue noite adentro, com o encerramento de Tom Zé às 2h.

Leia tudo sobre: guaicurusvirada culturalvirada