Ziober-Maringá aprova jogo contra seleção japonesa

Apesar da derrota, elenco comemora oportunidade de ganhar ritmo de jogo contra um adversário de bom nível

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Jogo marcou reencontro do time com torcida no ginásio Chico Neto
Divulgação
Jogo marcou reencontro do time com torcida no ginásio Chico Neto

A primeira partida do Ziober-Maringá na temporada foi positiva, apesar de um revés contra a seleção japonesa. O time do técnico Horacio Dielo caiu por 3 a 1 (18/25, 25/15, 25/17 e 26/24), em jogo que marcou o reencontro com a torcida no ginásio Chico Neto, que teve a melhor média de público na última Superliga.

O mais importante foi colocar em prática os treinos e encarar uma seleção de bom nível.

“Gostei muito do desempenho no primeiro e no quarto set. O primeiro set foi até um pouco acima das nossas expectativas e depois a seleção do Japão mostrou superioridade, o que é normal pela qualidade e também pelo tempo de preparação. Sabemos que precisamos melhorar e também que estamos no início da preparação”, lembra Dileo, que chegou ao time na reta final da última temporada.

O levantador Ricardinho ressaltou a importância de retomar o ambiente competitivo.

“Esses jogos são importantes porque mostram onde precisamos melhorar e o Japão foi um grande adversário”, elogia. Neste sábado, os dois times voltam a se enfrentar no mesmo local.