Senador terá que demarcar mais terreno

O professor acredita que os números serão usados pelos adversários do tucano numa tentativa de enfraquecê-lo

iG Minas Gerais |

Entre os cientistas políticos, a análise é que, diante dos novos números, Aécio Neves (PSDB) terá que rever sua estratégia. Para o diretor da Associação Brasileira de Consultores Políticos em Minas e professor de marketing político na Universidade Federal de Minas Rodrigo Mendes, Aécio terá que adotar uma postura mais agressiva e desconstruir a imagem de Marina Silva.

“O perfil sócio-econômico dos eleitores de Aécio e de Marina é próximo. Aécio terá que se diferenciar e consolidar o seu eleitorado. Marina, quase por osmose, canaliza os votos de Aécio. Ele terá que se voltar para o seu quintal (Minas)”, afirma Mendes.

O professor da Fundação Getúlio Vargas Fernando Weltman avalia que o resultado mostra a volatilidade do eleitorado mineiro. “É possível dizer que o voto da Dilma é consolidado, e que o do Aécio não tinha tanta consistência”, diz Weltman.

O professor acredita que os números serão usados pelos adversários do tucano numa tentativa de enfraquecê-lo. “Agora, o que pode fazer diferença são as alianças locais, a mobilização dos aliados em Minas”, afirmou Weltman. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave