Joinville denuncia América por suposta escalação irregular de lateral

Clube catarinense argumenta que lateral-esquerdo Eduardo fez jogos por três clubes diferentes na temporada

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Lateral-esquerdo Eduardo já atuou com o técnico Moacir Júnior no futebol paulista
AFC/DIVULGAÇÃO
Lateral-esquerdo Eduardo já atuou com o técnico Moacir Júnior no futebol paulista

O Joinville entrou nesta sexta-feira com uma denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o América por uma suposta escalação irregular do lateral-esquerdo Eduardo. O clube catarinense alega que o América infringiu o artigo 49 do regulamento geral das competições que diz respeito a utilização de um atleta em três clubes diferentes em um mesmo ano em quaisquer das competições coordenadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).  Eduardo teria defendido o São Bernardo no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil e a Portuguesa na Série B antes de se transferir para o alviverde.

A reportagem de O TEMPO  entrou em contato por telefone com Marcus Salum, integrante do Conselho de Administração do América, e o dirigente garantiu que não tem jogador irregular no elenco. Salum não quis entrar em mais detalhes sobre o assunto. O Joinville argumenta que Eduardo foi suplente em três jogos e atuou em uma partida com a camisa do Coelho. Ele substituiu Gilson no jogo em que o alviverde venceu o ABC-RN por 1 a 0, na Arena Independência. Se for comprovada a irregularidade, o América poderia perder três pontos pela escalação do atleta e mais três por uma infração disciplinar. A procuradoria do STJD tem o prazo de 60 dias para se pronunciar a partir da infração, que ocorreu no dia 15 de julho.

Leia tudo sobre: lateral-esquerdoEduardoAméricaJoinvilleirregularSTJDjulgamentoperda de pontos