Tiroteio deixa dois mortos no Complexo do Alemão

Segundo a coordenação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), os PMs checavam denúncias na região quando foram surpreendidos por oito pessoas armadas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dois homens apontados como suspeitos foram mortos em suposto confronto com policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Especiais), na madrugada desta sexta-feira (29), na altura da pedreira de Inhaúma, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio.

Segundo a coordenação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), os PMs checavam denúncias na região quando foram surpreendidos por oito pessoas armadas.

Houve intensa troca de tiros e os dois homens foram atingidos. Eles chegaram a ser levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, zona norte, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no trajeto.

Ninguém foi preso na ação. De acordo com a polícia, a localidade é próxima à favela Juramentinho, em Vicente de Carvalho (zona norte). Foram apreendidos apenas cartuchos de fuzil e 139 cápsulas de cocaína. O caso foi registrado na 22ª DP (Penha), mas deve ser transferido para a Divisão de Homicídios da cidade, na Barra, zona oeste.

Na noite de quinta (28), policiais da UPP Nova Brasília, favela do Complexo do Alemão, também trocaram tiros com criminosos, por volta das 22h, numa área conhecida como Divineia. Ninguém ficou ferido ou foi preso. O caso foi registrado na 45ª DP (Alemão). A coordenação das UPPs informou - em nota- que o policiamento segue reforçado na região com mais 300 PMs do Bope e de outras unidades pacificadoras.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave