Anastasia mantém liderança

Apesar de desempenho dos colegas de coligação, Josué Alencar não consegue reduzir distância

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Anastasia foi citado por 16,1% dos entrevistados espontaneamente
LEO PORTO/DIVULGAçãO
Anastasia foi citado por 16,1% dos entrevistados espontaneamente

O candidato do PSDB ao Senado, Antonio Anastasia, manteve larga vantagem sobre o seu principal adversário, Josué Alencar (PMDB), de acordo com a pesquisa DataTempo/CP2. O ex-governador aparece isolado, com 43,3% das intenções de voto. O levantamento revela ainda que o número de indecisos cresceu e atinge um terço do eleitorado mineiro: 31,7%.  

Josué Alencar é o segundo colocado, com 6,5%. A candidata da presidenciável Marina Silva em Minas, Margarida Vieira (PSB), não vive o bom momento da colega. Ela caiu duas posições e aparece em quinto lugar, com 0,9%. Tarcísio (PSDC) assumiu a terceira colocação, com 1,8%. Ele é seguido por Edilson Nascimento (PTdoB), que registrou 1,4% da preferência.

O percentual de entrevistados que pretendem votar nulo ou em ninguém é de 11,1%. Pablo Lima (PCB) registrou 0,9%, e Geraldo Batata (PSTU), 0,8%.

Os números mostram que, apesar da grande diferença entre os dois primeiros colocados, Anastasia sofreu uma ligeira queda após o início da propaganda gratuita na televisão e no rádio, que teve início no último dia 19. No primeiro levantamento, realizado entre 31 de julho e 4 de agosto, Anastasia alcançou 46,4% das intenções de voto.

Já Josué Alencar registrou um crescimento tímido, de 0,6%, abaixo da margem de erro, que é de 2,16 pontos. A pesquisa mostra que o peemedebista não acompanha o bom momento dos colegas da coligação. Fernando Pimentel (PT) tem 12,9 pontos de vantagem em relação a Pimenta da Veiga (PSDB) na disputa pelo governo, e a presidente Dilma Rousseff (PT) conseguiu empate técnico em MInas com o tucano Aécio Neves, conforme o Ibope. O senador tucano pretende conquistar até 4 milhões de votos de frente sobre a petista.

Espontânea. Na sondagem espontânea para o Senado – quando não são apresentados os nomes dos concorrentes para os entrevistados –, 42,6% disseram estar indecisos. Outros 30,8% responderam que não conhecem os candidatos. O número anterior era de 45,5%, quando os programas dos candidatos ainda não haviam começado a ser veiculados.

A liderança de Anastasia, que integrou nos últimos 12 anos o governo de Minas, já era esperada tanto pela equipe do PSDB quanto pelos demais partidos. A preferência se confirmou também na pesquisa espontânea. Ele foi citado por 16,1% dos que responderam ao questionamento. Josué Alencar foi lembrado por 1,8%. Edilson Nascimento alcançou 0, 3%, e Geraldo Batata, 0,2%.

Revezamento. Nas eleições deste ano, ao contrário do que ocorreu em 2010 – quando existiam duas vagas abertas para o Senado –, apenas uma cadeira está em disputa em Minas Gerais e nos demais Estados, além do Distrito Federal.

A cada quatro anos, há uma renovação parcial na Casa. Os senadores são os únicos parlamentares no país que têm direito a um mandato de oito anos.

Amostra

Critérios. A pesquisa, encomendada pela Sempre Editora, foi realizada entre os dias 21 e 25 de agosto e ouviu 2.066 pessoas em Minas. O protocolo na Justiça Eleitoral é MG 00067/2014.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave