Além da música

Atrações culturais de outras linguagens estão no programa

iG Minas Gerais |

laís mendes/divulgação
undefined

 

Apesar de boa parte da programação divulgada contemplar atrações que já estariam em cartaz, independente da Virada, alguns horários atípicos podem revelar experiências interessantes. Nunca é demais dizer que a Virada é mais que os shows de música.  Pode ser uma oportunidade para você, que reclama não ter tempo para visitar as exposições nos seus horários convencionais. Algumas delas vão ficar abertas até a meia-noite. E que tal passar a madrugada vendo a trilogia “O Poderoso Chefão”?  

Sábado. A Zica – DJ Abelha, “Controlador de Tráfego Aéreo” Duelo de Vogue “Visões na Coleção Ludwig” Feira de Publicações Independentes(19h30); soul music dos anos 70 e 80, (a partir das 2h),na praça do Francisco Nunes, Parque Municipal. Espetáculo(22h),(2h) no Sesc Palladium. Mostra(das 9h à 0h), no CCBB; Trilogia “O Poderoso Chefão” (das 21h às 6h40), no Cine Humberto Mauro Domingo. Café da Manhã, Mesa de Thereza (às 8h); Encontro de Bandas Tradicionais de BH e RMBH (a partir de 11h), praça da Estação; Graffiti Relacional (10h), praça do Sol, Parque Municipal. “Faça Algum Barulho”, Rui Moreira Cia. de Danças (11h30); “Frog Sound: Isso Não É um Sorvete”, do grupo Sapos e Afogados (15h), na praça Afonso Arinos 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave