Uberlândia é exemplo de melhor uso

Macapá (AP) é a campeã no desperdício, com 73,91%. O ranking das dez piores cidades não inclui nenhuma mineira. A média de desperdício registrada no país é de 39,4%

iG Minas Gerais | Ana Paula Pedrosa |

Entre os cem maiores municípios do Brasil, 96 desperdiçam mais água do que 15% do volume faturado, nível considerado aceitável. A pesquisa é do Instituto Trata Brasil, que apontou Uberlândia, no Triângulo, como a melhor cidade mineira no quesito, com desperdício de 24,64%. O município aparece em 17º lugar no ranking nacional e é o único do Estado na lista das 20 melhores.  

Macapá (AP) é a campeã no desperdício, com 73,91%. O ranking das dez piores cidades não inclui nenhuma mineira. A média de desperdício registrada no país é de 39,4%.

O índice de perdas refere-se a vazamentos, ligações clandestinas e outros problemas na rede e não leva em conta a água usada pela população de maneira inadequada. Banhos longos, não fechar bem as torneiras e usar mangueiras para lavar carro ou “varrer” calçadas estão entre exemplos de mau uso. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave