Santos vence Grêmio fora e sai em vantagem nas oitavas

Com vitória de 2 a 0 em Porto Alegre, Peixe deu passo importante para avançar de fase no torneio nacional

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Grêmio foi superior durante todo o jogo, mas Santos soube ser eficiente nas chances que teve
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Grêmio foi superior durante todo o jogo, mas Santos soube ser eficiente nas chances que teve

O Santos foi preciso para vencer o Grêmio em Porto Alegre e conquistar um grande resultado nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, a equipe paulista aproveitou duas das poucas oportunidades que teve, viu o adversário dominar o jogo todo mas perder chance atrás de chance, e levará para a Vila Belmiro, no jogo da volta, na quarta que vem, a ótima vantagem de 2 a 0.

David Braz e Robinho marcaram no final do primeiro tempo e selaram o resultado pouco depois de o Grêmio exercer uma grande pressão. Os primeiros minutos de jogo foram de uma blitz ofensiva dos donos da casa, que tinham Giuliano em grande forma, mas que falhavam no último passe ou na finalização. Na etapa final, seguiu a pressão gremista, mas desta vez sem criar grandes oportunidades, já que a defesa santista acertou a marcação.

Antes do confronto da volta, as duas equipes entram em campo no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16 horas, o Santos vai ao Rio pegar o Botafogo, no Maracanã. No mesmo dia, mas às 18h30, o Grêmio recebe o Bahia em Porto Alegre.

O JOGO - O ritmo do começo do jogo foi alucinante. O Santos ameaçou imprimir uma pressão no início, mas logo o Grêmio assumiu o controle e criou chances atrás de chance. A primeira, aos cinco minutos, quando Zé Roberto recebeu lindo passe após triangulação com Giuliano e Dudu e bateu em cima de Aranha.

A segunda, aconteceu aos sete. Giuliano recebeu de Barcos, deu lindo drible em Edu Dracena e bateu rente à trave. O meia estava impossível e criaria outro grande momento somente quatro minutos depois. Desta vez, aproveitou bola mal afastada por David Braz para chutar novamente com muito perigo.

A grande chance gremista no primeiro tempo, no entanto, aconteceu aos 20 minutos. Mais uma vez com Giuliano, que arrancou pela esquerda, pedalou para cima de David Braz e passou como quis. Então, cruzou para Luan, que chegou batendo. Mena, de carrinho, salvou em cima da linha. A blitz gremista teria outro capítulo aos 27, novamente pela esquerda, novamente com Giuliano que recebeu de Dudu e desviou em cima de Aranha.

Se o primeiro tempo quase todo foi gremista, o Santos aproveitou as duas chances que teve para marcar. Aos 37 minutos, Lucas Lima cobrou escanteio pela esquerda, David Braz aproveitou a falha de Werley na marcação e entrou sozinho para fuzilar Marcelo Grohe. Aos 45, Lucas Lima dominou a bola com o braço, o juiz não viu, e ele arrancou pela direita, de onde cruzou para Robinho. O atacante bateu, a bola tocou em Werley, voltou nele e matou o goleiro gremista.

Irritado com o erro do árbitro no segundo gol, Felipão reclamou demais ao fim do primeiro tempo e foi expulso. Mesmo sem o técnico no banco, o Grêmio não mudou sua postura e seguiu pressionando. Se não criava tanto quanto no primeiro tempo, continuou dono da posse de bola e chegou em momentos esporádicos como com a cabeçada de Werley, aos 16 minutos.

No lance seguinte, Barcos teve uma grande chance, ao receber pelo lado direito e bater firme, exigindo reflexo de Aranha. Aos 21, o goleiro santista precisou trabalhar de novo, em cobrança de falta venenosa de Alan Ruiz. O Grêmio voltava a incomodar, mas seguia perdendo muitas oportunidades.

Depois de tanto ver o Grêmio perder chances, foi a vez do Santos desperdiçar oportunidade incrível de matar o confronto. Após rápido contra-ataque, Rildo recebeu de frente para Marcelo Grohe e tocou no canto, mas o goleiro agarrou. Ainda houve tempo para que Leandro Damião quase marcasse um golaço, mas Marcelo Grohe voltou a impedir que a derrota virasse uma tragédia.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 0 X 2 SANTOS

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto (Matías Rodríguez); Walace (Matheus Biteco), Ramiro, Giuliano e Luan (Alan Ruiz); Dudu e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

SANTOS - Aranha; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena; Alison Arouca e Lucas Lima; Thiago Ribeiro (Alan Santos), Gabriel (Leandro Damião) e Robinho (Rildo). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

GOLS - David Braz, aos 37, e Robinho, aos 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

CARTÕES AMARELOS - Ramiro, Pará (Grêmio); Edu Dracena, Alison, David Braz (Grêmio).

RENDA - R$ 814.899,00.

PÚBLICO - 28.898 pagantes (30.294 presentes).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Leia tudo sobre: santospeixegremiocopa do brasil