Anatel define valores de fixo para celular

Teto vale para os planos básicos, mas preço pode ser menor

iG Minas Gerais |


Jarbas Valente diz que muitas operadoras cobram menos que o teto
ROOSEWELT PINHEIRO ABr
Jarbas Valente diz que muitas operadoras cobram menos que o teto

Brasília. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou os novos valores tarifários máximos de fixos para celulares nas ligações locais e de longa distância. Há tabelas com valores normal e reduzido entre áreas de concessão, por operadora, e prestadora de destino.

No último dia 14, a Anatel aprovou um reajuste de 1,5% nas tarifas de telefones fixos nas ligações locais e de longa distância para celulares. Os novos valores devem começar a ser praticados na próxima semana e valem para os planos básicos oferecidos pelas empresas de telecomunicações aos clientes. Para os planos de assinatura alternativos, a tarifa é livre.

“O reajuste refere-se à tarifa teto, mas muitas operadoras praticam preços inferiores”, afirmou o conselheiro da Anatel relator do processo, Jarbas Valente. Os preços reajustados já haviam sofrido um desconto de 12% desde março deste ano, graças à queda nas tarifas de interconexão do setor. Ou seja, as nova tarifas continuarão inferiores às que eram praticadas até o ano passado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave