Ministros do STF querem elevar salário para R$ 35,9 mil

Aumento será enviado ao Congresso na forma de um projeto de lei, que terá de ser votado pelos deputados e senadores

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovaram na tarde desta quinta-feira (28) uma proposta de aumento dos próprios salários. O subsídio passará dos atuais R$ 29,4 mil para R$ 35,9 mil - o que representa um incremento de 22%.

O aumento será enviado ao Congresso na forma de um projeto de lei, que terá de ser votado pelos deputados e senadores. Se aprovado e sancionado pela presidente Dilma Rousseff, os ministros passarão a receber o novo salário a partir de 2015.

O aumento produzirá um efeito cascata, uma vez que diversos cargos do Judiciário, do Legislativo e do Executivo recebem salários baseados no valor fixado para os ministros do STF.

De acordo com o presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, o incremento visa repor perdas inflacionárias de 2009 até 2013.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave