Israelenses são céticos em relação à vitória em Gaza

Uma pesquisa publicada pelo jornal de esquerda Haaretz, mostra que 54% dos entrevistados acreditam que não houve ganhador claro do combate

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os israelenses estão céticos em relação à declaração do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de que Israel conseguiu uma vitória "militar e política" sobre o Hamas na última rodada de negociações que deu fim ao conflito mais recente na Faixa de Gaza. Uma pesquisa publicada pelo jornal de esquerda Haaretz, mostra que 54% dos entrevistados acreditam que não houve ganhador claro do combate.

Cerca de 25% das pessoas disseram acreditar que Israel saiu ganhando do conflito, e 16% afirmaram que o Hamas venceu. O estudo entrevistou 464 israelenses na quarta-feira (27) e tem margem de erro de 4,6%.

A pesquisa evidencia o mal-estar que permeia a sociedade israelense após a terceira rodada de ofensivas entre Israel e os militantes palestinos desde que o Hamas tomou o controle da Faixa de Gaza, em 2007.

Alguns dos opositores de Netanyahu, incluindo ministros de seu próprio governo, acreditam que o primeiro-ministro e o ministro de Defesa, Moshe Yaalon, não avançaram o suficiente no conflito, insistindo que eles não deveriam ter parado até que o Hamas fosse destruído ou pedisse paz. Outros, particularmente moradores das comunidades agrícolas da fronteira, muito atingidas pelos combates, temem que sem um mapa político claro para o futuro do território palestino a retomada dos ataques é uma certeza. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave