Seleção juvenil vence a segunda e está na semifinal do Sul-Americano

Equipe bateu a Colômbia, confirmou 100% de aproveitamento e agora enfrenta o Peru para cumprir tabela

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Ponta e capitão Fábio fez quatro dos oito pontos brasileiros em saques
Ponta e capitão Fábio fez quatro dos oito pontos brasileiros em saques

A seleção brasileira juvenil de vôlei masculino conquistou mais uma vitória no Sul-Americano da categoria, que está sendo disputado no centro de treinamento de Saquarema, no Rio de Janeiro.

Depois de vencer o Equador na estreia por 3 a 0, quando os adversários deram mais trabalho apenas no primeiro set, a quinta-feira foi dia do time do técnico Leonardo Carvalho voltar a vencer.

O concorrente foi a Colômbia, que caiu também por 3 a 0, com parciais de 25/13, 25/17 e 25/16. O ponteiro brasileiro Douglas Souza, com 17 acertos, foi o maior pontuador do duelo.

Com o resultado, o Brasil se garante na semifinal do torneio. “Todo mundo entrou muito focado. Sabemos que o time da Colômbia é forte. Nós estudamos bastante o adversário e tivemos a felicidade de fazermos o saque entrar”, resume o ponta Fábio.

O jogador, que também é capitão do time, elogiou a postura brasileira, principalmente no saque.

"Eu tive a felicidade de fazer quatro pontos, e todos que passaram pelo saque foram bem. Fazer oito aces dificulta a vida do adversário. Tomara que continuemos com o bom aproveitamento como hoje. Vamos concentrar, pois o objetivo é chegar até domingo na final", analisa.

Evolução. O técnico Leonardo Carvalho mostrou pontos de atenção do time da Colômbia, que receberam atenção especial. Para ele, o time está numa crescente.

"A Colômbia tem um ótimo time, que é bem treinado, forte fisicamente, tem bons centrais. O oposto deles é bom de ataque e bloqueio. Tenho certeza que na continuidade do campeonato fará uma boa participação. Eu acho que hoje tivemos uma postura muito boa, jogamos melhor que ontem", mostra.

Nesta sexta-feira, o Brasil encara o Peru pela última rodada da fase classificatória, às 15h30.