Irmã de acusados por atentado de Boston é detida por ameaça de bomba

Ailina Tsarnaeva, de 24 anos, que mora em North Bergen (Nova Jersey), entregou-se numa delegacia, onde recebeu uma citação judicial para depor no dia 30 de setembro e depois foi liberada

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Condição de Dzhokhar Tsarnaev é considerada satisfatória
AP Photo
Condição de Dzhokhar Tsarnaev é considerada satisfatória

Uma irmã dos dois supostos autores do atentado na Maratona de Boston de 2013, Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev, foi detida nesta quarta-feira (27) em Nova York, sob a acusação de fazer uma ameaça de bomba, segundo um porta-voz policial.

O duplo atentado deixou três mortos e 264 feridos nas proximidades da linha de chegada da maratona, em abril do ano passado.

Ailina Tsarnaeva, de 24 anos, que mora em North Bergen (Nova Jersey), entregou-se numa delegacia, onde recebeu uma citação judicial para depor no dia 30 de setembro e depois foi liberada. Tsarnaeva teria ameaçado, por telefone, uma mulher que mora no bairro do Harlem, em Nova York, segundo a polícia.

"Conheço gente que pode colocar uma bomba", teria dito Tsarnaeva à mulher, que seria ex-namorada de seu atual companheiro e disputaria com ele a guarda de três filhos, segundo o tabloide "New York Post".

Em 2011, ela já havia tido problemas com a polícia num caso de falsificação de moeda. Na ocasião, foi acusada de mentir durante a investigação sobre uma nota falsa usada por um conhecido para pagar a conta de um restaurante. O caso se arrastou até o fim de 2013, quando foi arquivado.

Dzhokhar Tsarnaev, de 21 anos, está preso e espera do julgamento. Tamerlan foi morto por policiais quando tentava escapar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave