Galo tem créditos de TV bloqueados, mas adesão ao Refis 'veta' decisão

Atlético aderiu ao Programa de Recuperação Fiscal na última segunda-feira e parcelou suas dívidas com a União

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Uma decisão da 26ª Vara Federal publicada na última quarta-feira decide por bloquear os direitos de crédito do Atlético com a Globo e Globosat até o limite de execução que remonta em R$ 109.651.302,49. O clube, porém, explica o imbróglio e ressalta que a entrada do Galo no Refis (Programa de Recuperação Fiscal) 'veta' esta nova decisão da Justiça.

"Nós habilitamos o Refis no prazo, no dia 25 de agosto. Contudo, até os órgãos, justiça, procuradoria, receita, chegarem a um entendimento demora um tempo. Esse débito está incluído junto com todos os outros no Refis que o Atlético aderiu", explica o dirigente de planejamento do clube, Rodolfo Gropen.

Leia tudo sobre: atleticogalopenhoracréditostvbloqueio