Sem Giroud, França convoca Lacazette para dois jogos

Giroud ficará de fora por cerca de quatro meses após ter sofrido uma lesão no tornozelo, no último sábado

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Didier Deschamps ainda espera ver a evolução de seus comandados durante a Copa do Mundo
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Didier Deschamps ainda espera ver a evolução de seus comandados durante a Copa do Mundo

O atacante Alexandre Lacazaette, do Lyon, vai ter a chance defender a seleção da França, aproveitando a ausência do lesionado Olivier Giroud, nos jogos contra a Espanha e Sérvia no próximo mês. O jogador, de 23 anos, foi chamado, nesta quinta-feira, pelo técnico da França, Didier Deschamps, após marcar 15 gols na última temporada no Campeonato Francês, mas não conseguiu fazer parte do grupo da Copa do Mundo.

Lacazette herdou a vaga de Giroud, que ficará de fora por cerca de quatro meses após ter sofrido uma lesão no tornozelo, no último sábado, durante o empate por 2 a 2 entre Arsenal e Everton, pelo Campeonato Inglês.

A França vai receber a Espanha na próxima quinta-feira, no Stade de France, e, em seguida, a Sérvia, três dias depois. A Sérvia está no Grupo I das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, assim como os franceses. Porém, como anfitriã do torneio, a França está classificada automaticamente para a competição e os jogos disputados na chave não contam pontos, servindo apenas como amistosos.

Com a exceção de Giroud e do goleiro Mickael Landreau, que se aposentou, Deschamps chamou o grupo que chegou às quartas de final da Copa do Mundo no Brasil, perdendo por 1 a 0 para a futura campeã Alemanha. Landreau foi substituído pelo goleiro Steve Mandanda, do Olympique de Marselha, que retorna depois de uma séria lesão no pescoço.

Embora Deschamps tenha a intenção de realizar testes na sua equipe durante os próximos dois anos, ele apostou nos jogadores da Copa do Mundo para os próximos jogos como uma forma de recompensa e agradecimento aos torcedores.

"Estamos jogando no Stade de France na frente de nossos fãs, e eu acho que o jogadores que jogaram na Copa do Mundo merecem estar aqui", disse Deschamps. "Para todos os torcedores que nos apoiaram, nos incentivaram e experimentaram essas emoções, eu acho que eles merecem ter esse contato com a equipe".

A França tem nove jogadores com menos de 25 anos em seu elenco, e Deschamps espera testar mais jovens jogadores antes da Eurocopa. "A coisa mais importante a longo prazo é ser o máximo competitivo para a Euro/2016. Isso significa dar partidas a alguns jogadores, e isso significa mudanças na tática e organização", disse. "Ninguém sabe o que vai acontecer nos próximos dois anos, vamos, sem dúvida, ver alguns novos jogadores".

Uma notável ausência do plantel é Franck Ribéry, do Bayern de Munique, que recentemente anunciou sua aposentadoria da seleção. Ele ficou fora da Copa do Mundo por causa de uma lesão nas costas. "A principal coisa para ele é desfrutar a volta ao futebol", disse Deschamps. "Eu não sei o que vai acontecer a seguir, ele tomou a decisão agora. Cada jogador pensa sobre sua própria situação, com relação ao seu clube".

Deschamps, no entanto, não descartou a possibilidade de chamá-lo de novo em algum momento. "Ele tem uma longa história com a seleção da França, que remonta a 2006", afirmou.

Confira a lista de convocados da seleção da França:

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham), Steve Mandanda (Olympique de Marselha) e Stephane Ruffier (Saint-Étienne).

Defensores: Mathieu Debuchy (Arsenal), Lucas Digne (Paris Saint-Germain), Patrice Evra (Juventus), Laurent Koscielny (Arsenal), Eliaquim Mangala (Manchester City), Bacary Sagna (Manchester City), Mamadou Sakho (Liverpool) e Raphael Varane (Real Madrid).

Meio-campistas: Yohan Cabaye (Paris Saint-Germain), Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain), Rio Mavuba (Lille), Paul Pogba (Juventus), Morgan Schneiderlin (Southampton) e Moussa Sissoko (Newcastle).

Atacantes: Karim Benzema (Real Madrid), Remy Cabella (Newcastle) Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Alexandre Lacazette (Lyon), Loic Remy (Queens Park Rangers) e Mathieu Valbuena (Dynamo Moscou).

Leia tudo sobre: françaconvocaeliminatoriaseurocopasemgiroud