PT mobiliza governo para combater crescimento de Marina Silva

A orientação do comando da campanha é de que assessores de ministérios e estatais promovam pelo menos um evento político por semana para "defender o projeto político" do governo Dilma, fora do horário de trabalho

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dilma Rousseff no debate da Band, nesta terça-feira (27)
AP Photo
Dilma Rousseff no debate da Band, nesta terça-feira (27)

Após resultado das pesquisas de intenções de votos divulgadas nesta semana,  o comitê de campanha de Dilma Rousseff realizou uma reunião com a cúpula do segundo escalão do governo federal na última terça-feira (26), para montar uma operação de defesa da presidente nos estados e nas redes sociais. As informações são do jornal "Folha de São Paulo".

De acordo com a reportagem, a orientação do comando da campanha aos presentes é de que eles promovam pelo menos um evento político por semana para "defender o projeto político" do governo Dilma, fora do horário de trabalho.

Além disso, foi feita uma orientação especial para que os auxiliares com cargos de confiança realizarem encontros com movimentos sociais e debates nas redes sociais para atacar Marina Silva.

Um dos participantes afirmou que "a ordem é trabalhar pela vitória de Dilma, com os assessores se distribuindo em viagens pelos estados".

Cerca de cem assessores de ministérios e estatais foram informados que todas as despesas nestes eventos serão pagas pelo PT.

Uma reunião, convocada pela presidente Dilma Rousseff, foi realizada nessa quarta-feira (27) no Palácio da Alvorada e reuniu os presidentes dos partidos apoiadores de sua candidatura. Na reunião, o conselho iria avaliar estratégias para combater o discurso de Marina Silva, que, de acordo com as últimas pesquisas, vence a presidente. 

Leia tudo sobre: Eleições 2014Dilma RousseffMarina SilvaPTPSBBrasilintenções de votoPesquisa