Penalber e Mariana Silva caem e Brasil fica sem pódio

O Mundial de Judô prossegue, nesta quinta-feira, com a disputa das categorias médio e meio-pesado

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Os lutadores do Brasil voltaram a decepcionar no Mundial de Judô que está sendo realizado na Rússia, em Chelyabinsk. Nesta quinta-feira, na disputa da categoria meio-médio, Mariana Silva (até 63kg) e Victor Penalber (até 81kg) decepcionaram e ficaram até fora da disputa de medalhas.

Assim, o Brasil terminou o quarto dia do Mundial com apenas uma medalha conquistada até agora- a meio-leve (até 52 kg) Erika Miranda levou o bronze -, desempenho considerado bem abaixo do projetado pela Confederação Brasileira de Judô.

Penalber foi quem teve melhor desempenho nesta quinta-feira, ficando em sétimo lugar, a um passo da disputa do bronze. Na sua estreia, o brasileiro enfrentou o armênio Rafael Davtyan e aplicou um wazari quase na metade da luta, quando ambos já haviam sido penalizados por falta de competitividade - o armênio foi punido mais duas vezes posteriormente. Faltando 32 segundos para o encerramento do combate, Penalber aplicou mais um wazari e assegurou a sua vitória.

Em seguida, o brasileiro encarou o uruguaio Alain Aprahamian. O brasileiro conseguiu um wazari e depois um yuko. Restando pouco menos de um minuto para o fim da luta, Penalber projetou Aprahamian mais uma vez por wazari, se garantindo nas oitavas de final.

Penalber, então, encarou o polonês Lukazs Blach e conseguiu um yuko quando faltavam dois minutos para o fim da luta. Com o combate sob controle, o brasileiro ainda conseguiu um wazari no minuto final, passando às quartas de final, fase em que encarou o canadense Antoine Valois-Fortier, seu adversário na final dos dois últimos Pan-Americanos em que foi campeão.

Dessa vez, porém, Penalber não teve a mesma sorte. O brasileiro até conseguiu um yuko com dois minutos de luta. Porém, a um minuto e meio do fim, o canadense projetou Penalber por wazari e acabou vencendo o combate. Restou ao brasileiro, então, disputar a repescagem.

O brasileiro teve pela frente o russo Ivan Nifontov, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012 e campeão mundial em 2009. Em um contragolpe, Penalber sofreu um wazari e acabou sendo derrotado. Assim, terminou o Mundial apenas na sétima colocação.

Já Mariana Silva abriu a sua participação com uma vitória por ippon sobre Laura Salles Lopez, de Andorra. Depois, a brasileira se garantiu nas oitavas de final com o wazari que lhe deu a vitória sobre a polonesa Agata Ozdoba.

Na sua luta seguinte, no entanto, a brasileira foi eliminada. Mariana Silva sofreu um yuko logo no começo do combate com a francesa Anne Laure Bellard. Depois, a 35 segundos do fim, foi imobilizada, se despedindo do campeonato.

O Mundial de Judô prossegue nesta quinta-feira com a disputa das categorias médio e meio-pesado. O Brasil será representado por Bárbara Timo, Tiago Camilo e Mayra Aguiar.  

Leia tudo sobre: penalbermarianaperdemjudomundialrussia