Campanha estuda acatar pedidos

iG Minas Gerais |

Brasília. Para garantir o apoio das centrais sindicais, o comitê pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) prepara um documento que defende a regulamentação da terceirização em condições que agradam o sindicalismo.

Segundo minuta do programa de governo da área de trabalho da campanha de Dilma, obtida pela agência de notícias Estadão Conteúdo, o ponto central é marcar posição contra a terceirização das chamadas atividades-fim (a principal atividade da empresa, descrita na cláusula-objeto do seu contrato social) e permitir a prática apenas para as atividades-meio (aquelas que têm a finalidade de dar suporte à atividade principal da empresa).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave