Cortes de cargos estão “em estudo”

iG Minas Gerais |

São Paulo. O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou ontem que, se eleito, vai cortar um terço dos mais de 22 mil cargos comissionados mantidos pelo governo federal e voltou a defender a redução do número de ministérios.

Aécio afirmou que sua equipe estuda propostas para reduzir os custos com a estrutura do governo federal. Além de diminuir cargos comissionados, o tucano repetiu ser possível governar com a metade dos atuais 39 ministérios. Sem enumerar quais cortaria, Aécio voltou a citar como exemplo a pasta da Pesca, que, segundo ele, é “ineficiente e não atende às demandas do setor”. Para o tucano, os ministérios hoje apenas servem para a manutenção de alianças políticas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave