“Marina é mudança que eleitor busca”

iG Minas Gerais |

Vice. Aloysio Nunes acompanhou o presidenciável Aécio Neves ontem durante entrevista ao “Estadão”
ALICE VERGUEIRO
Vice. Aloysio Nunes acompanhou o presidenciável Aécio Neves ontem durante entrevista ao “Estadão”

Brasília. Aliados da candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, avaliam que seu crescimento nas pesquisas de intenção de voto mostra que a ex-senadora representa “a mudança que o eleitorado brasileiro vem buscando”. “Marina se conectou a esse desejo de mudança da população”, comentou Maria Alice Setúbal, uma das coordenadoras do programa de governo da candidata do PSB.

A coordenadora acredita que, em 2010, quando disputou a Presidência da República pelo PV, Marina só ganhou ampla divulgação quando conquistou quase 20 milhões de votos, e que agora o eleitor não abrirá mão de votar na ex-senadora. “Essa subida da Marina não é espuma, como dizem os que querem desqualificar. Ela já tinha 27% em abril (quando seu nome ainda aparecia nas pesquisas)”, disse.

“(A população) ao despertar para o processo eleitoral, fez com que Marina adquirisse sua relevância”, concluiu João Paulo Capobianco, um dos colaboradores de Marina.

O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles afirmou ontem que “é um fenômeno impressionante” a evolução nas pesquisas eleitorais de Marina Silva. Há uma semana, Marina registrou 21% das intenções de voto em levantamento feito pelo Datafolha. Anteontem, o Ibope divulgou que a ex-senadora tem 29% da preferência e venceria a presidente Dilma Rousseff (PT) num segundo turno, por 45% a 36%. “Mas vamos ver como será seu desempenho nas pesquisas nos próximos 30 dias”, comentou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave