78 cavaletes irregulares são recolhidos em uma noite pelo TRE

De acordo com normas federais, as peças publicitárias só são autorizadas entre 6h e 22h; Tribunal garante que novas ações serão feitas no estado ao longo das campanhas

iG Minas Gerais | ENNIO RODRIGUES |

Reprodução/TRE-MG
undefined

Fiscais da Justiça Eleitoral mineira recolheram 78 cavaletes irregulares nas ruas e avenidas de Belo Horizonte na noite de terça-feira (27). A operação surpresa pretendia punir os candidatos que não respeitavam a legislação eleitoral.. De acordo com a resolução 23.404/14, publicada pelo Superior Tribunal Eleitoral, a propaganda por meio de cavalete é permitida, desde que não dificulte o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos. Além disso, ela deve ser colocada e retirada todos os dias, entre 6 e 22 horas.

O trabalho foi realizado em parceria com a Polícia Militar, teve início às 22 horas e terminou a uma da manhã desta quarta-feira (27). Um caminhão baú do Tribunal foi utilizado para armazenar os cavaletes, recolhidos por servidores dos cartórios da 29ª Zona Eleitoral (Foro Eleitoral da Capital) e da 33ª Zona. Segundo a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mineiro, outras operações semelhantes ocorrerão nos próximos dias. O sigilo da data será mantido pelo TRE para garantir maior eficiência do trabalho.

Os eleitores que presenciarem algum abuso podem fazer denúncias diretamente ao TRE-MG, pelo site www.tre-mg.jus.br. Veja outros exemplos do que pode e o que não pode ser feito nas propagandas eleitorais deste ano na galeria acima. Para outras informações, clique aqui.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave