Sem luz desde domingo, moradores de ocupação fecham via em Contagem

Após PM acionar a Cemig, protesto foi interrompido, porém, caso o problema não seja sanado, moradores prometem voltar com o protesto

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Manifestantes atearam fogo em madeiras e pneus para protestar
Felipe Ribeiro/Webrepórter
Manifestantes atearam fogo em madeiras e pneus para protestar

Cerca de 60 moradores da ocupação William Rosa, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, fecharam o trânsito na avenida Severino Ballesteros para protestar contra a falta de energia elétrica no terreno ocupado, que pertence à Ceasa. 

Segundo as informações da Polícia Militar (PM), o grupo fechou a via colocando fogo em pneus e madeiras. A corporação foi informada de que o objetivo do protesto seria exigir que a Cemig fosse ao local para consertar os transformadores que atendem à região, que queimaram recentemente. Apesar disso, segundo moradores da ocupação, eles estão sem luz elétrica desde o último domingo (24), quando começaram a cobrar a empresa sem nada ter sido feito.

A via foi liberada por volta das 19h, quando a PM entrou em contato com a Cemig e garantiu que os técnicos estariam a caminho. Porém, os moradores afirmam que caso o problema não seja resolvido a via voltará a ser interditada. 

A via permaneceu fechada para o trabalho dos bombeiros, apesar do fim da manifestação, e o trânsito está complicado na região, conforme a Transcon, que administra o trânsito na cidade.