Igreja com mais de 300 anos é reinaugurada em Ouro Preto

A Matriz de Nossa Senhora de Nazaré, do distrito de Cachoeira do Campo, recebeu o investimento de 2 milhões de reais e ficou dois anos em restauração

iG Minas Gerais | ENNIO RODRIGUES |

PEDRO SILVEIRA
undefined

Considerada uma das principais obras do chamado “estilo nacional português”, a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, localizada no distrito de Cachoeira do Campo, em Ouro Preto (MG), será reinaugurada na próxima sexta-feira (29). A Matriz foi construída no início do século XVIII e está tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1949. As obras de restauração começaram em julho de 2012 e envolveram mais de 25 profissionais da região e do Centro de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis da UFMG.

“Foi um trabalho minucioso, desde a recuperação das pinturas, dos altares e própria estrutura da Igreja, que estava tomada por cupins”, afirma o coordenador da equipe de restauração, Silvio Rocha Viana. De acordo com ele, a situação em que o tempo estava no início das obras fez com que a dificuldade do trabalho fosse ainda maior. Em alguns casos, foi preciso “refazer tudo”. O altar principal da igreja, de acordo com Sílvio, por exemplo, foi totalmente desmontado e refeito, respeitando os traços iniciais.

Patrimônio Histórico e Cultural Segundo o pesquisador e historiador, Alex Fernandes Bohrer, a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré sempre teve um papel essencial na história da cidade de Ouro Preto e do distrito de Cachoeira do Campo. “Ainda no século XVIII, esta era uma região de convergência entre as várias elites do Império e o valor dado a essa igreja pela coroa demonstra essa influência”, afirma Alex. De acordo com ele, o alto padrão do trabalho de arquitetura e da arte sacra encontrada na Igreja era destinado ao grandes fazendeiros e mineradores que viviam nas redondezas de Ouro Preto.

O “estilo nacional português”, de acordo com o pesquisador, é marcado pela forte presença do ouro na decoração dos tempos e a contratação de grandes artistas para cuidar da construção. A Igreja de Nossa Senhora de Nazaré é a primeira do gênero no país, na construção foram chamados o pintor Antonio Rodrigues Belo e o escultor Manuel de Matos, ambos portugueses.

Em frente à Matriz, em 1720, foi preso um dos principais opositores do regime imperial, Filipe dos Santos. Esse é o nome atual da praça. Filipe se opunha aos impostos cobrados pela coroa portuguesa, foi preso e executado. Uma das consequências do fato foi, no mesmo ano, a separação da região da Capitania de São Paulo e a criação da Capitania de Minas Gerais.

Tesouro encontrado

O coordenador da equipe de restauração, Silvio Viana, conta que foi comprovada a existência de um grande painel no forro da Igreja. "Outros pesquisadores já suspeitavam desse painel, mas finalmente tivemos a oportunidade de comprovar cientificamente que ele existe", afirma Silvio. Com análises em ultravioleta e raio-x, foi descoberta uma obra de Manuel de Matos, com data estimada de 1755, mas que não foi restaurado. De acordo com Viana, o orçamento previsto não incluía a restauração da obra, mas os laudos técnicos e a comprovação científica são atestados relevantes para a história do templo.

Importância atual

As obras de restauração foram feitas a partir, principalmente, de recursos do PAC 2, das Cidades Históricas. Foram dois milhões de reais, sendo que 1,8 milhão do governo federal e 200 mil do município. ”A comunidade não vê a hora de reinaugurar a igreja”, afirma o pároco local, Odair de Paulo Mateus. “São mais de 300 anos de história. Já estava na hora de essa restauração sair”, completa. Apesar de as obras só serem iniciadas em 2012, desde 2011 a população não pode frequentar o templo. As celebrações começaram na terça-feira (26) com uma preparação da comunidade e será encerrada no domingo (31). Confira a programação a partir de quinta-feira:

DIA 28 DE AGOSTO – QUINTA FEIRA 19h 30min – Missa na Igreja de Nossa Senhora das Mercês. 21h – Apresentação do Coral Canarinhos de Itabirito-MG na Praça.

DIA 29 DE AGOSTO- SEXTA-FEIRA 19h – Solenidade Oficial de Inauguração da Matriz (Presença das autoridades e convidados) 20h – Celebração de Reinauguração da Igreja Matriz Nossa Senhora de Nazaré presidida pelo Arcebispo Dom Geraldo Lyrio Rocha. 21h – Apresentação do Conjunto de Câmara da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais.

DIA 30 DE AGOSTO – SÁBADO Abertura da Novena de Nossa Senhora de Nazaré. 06h – Oração da Manhã: Ofício de Nossa Senhora. 10h – Ordenação Presbiteral do Diác. José Henrique Coelho na cidade de Entre Rios-MG. 16h – Missa dos enfermos e idosos na Igreja Matriz. 19h 30min – Missa de Abertura da Novena de Nossa Senhora de Nazaré na Igreja Matriz. 22 h – Show com Academia Musical Orquestra Show da Polícia Militar de Minas Gerais.

DIA 31 DE AGOSTO – DOMINGO 06h 30min – Oração da Manhã: Ofício de Nossa Senhora. 08h – Missa. 14h – Encontro de Bandas na Praça Felipe dos Santos. Participação dos seguintes grupos: • Banda Euterpe Cachoeirense. • Sociedade Musical Santa Cecília. • Sociedade Musical União Social. • Banda da Polícia Militar de Minas Gerais. 19h30 – Missa na Igreja Matriz.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave