Kate Bush em retorno teatral

Após 35 anos distante dos palcos, cantora britânica fez apresentação em Londres repleta de efeitos visuais

iG Minas Gerais |

Cênico. Espetáculo da cantora britânica contou com produção teatral e teve três horas de duração
Ken McKay
Cênico. Espetáculo da cantora britânica contou com produção teatral e teve três horas de duração

São Paulo. A cantora Kate Bush, longe dos palcos desde 1979, fez sua primeira apresentação em 35 anos na noite da última terça-feira (26), em Londres. Em um show de três horas de duração, Bush cantou faixas de seus discos “Hounds of Love”, de 1985, e “Aerial”, de 2005, em uma produção bem teatral, com fantasias, efeitos visuais e luzes especiais.

Segundo a revista britânica “NME”, entre os fãs que ocuparam todas as cadeiras do Hammersmith Apollo estavam os cantores Lily Allen, Holly Johnson e Anna Calvi, a atriz Gemma Arterton, o comediante Frank Skinner e o vocalista do Pink Floyd Dave Gilmour. Os integrantes da banda de rock experimental norte-americana Warpaint deram um tempo na turnê que fazem atualmente e também compareceram à apresentação.

A performance começou com Bush entrando no palco, descalça, liderando uma espécie de procissão ao som de um mantra conhecido como “The Gayatri”.

De acordo com a “NME”, a cantora de 56 anos foi acompanhada de uma banda de seis músicos e, logo nas primeiras canções, “Lily”, “Hounds of Love” e “Joanni”, “fez vocais provando que o tempo não deixou danos em suas habilidades”.

O jornal “The Guardian” também elogiou a performance da britânica, dizendo que ela foi “inquietante, engraçada e tão imersiva que a plateia se esqueceu por um momento de aplaudir tudo o que ela fazia”.

Já o “Telegraph” considerou as performances teatrais “antiquadas” e “obscuras”. “Havia, porém, algo de emocionante em ver a imaginação de Bush, por vezes maluca, mas ainda assim prazerosa, correr livre depois de tanto tempo”.

A cantora agradeceu ao filho, Bertie, que fez algumas participações especiais ao longo do show, uma delas ao lado de seu pai, Danny McIntosh. Os dois apareceram em um quarto antigo, travando uma conversa banal sobre o que fazer para o jantar, antes de Bush começar a cantar “Watching You Without Me”.

A britânica encerrou o show com “Cloudbusting”, sendo ovacionada pela plateia por um bom tempo após as luzes se acenderem. Ela fará mais 22 apresentações em Londres, todas com ingressos esgotados.

TEORIAS. Kate Bush anunciou em março deste ano que faria uma temporada de shows, os primeiros desde 1979. Os ingressos, postos à venda no fim daquele mês, se esgotaram em menos de 15 minutos.

Bush ficou famosa na década de 70, aos 20 anos, mas logo deixou de se apresentar, alegando ser “fisicamente exaustivo” para ela. Inúmeras teorias foram criadas sobre sua ausência desde então, que iam do medo de aviões até a morte de um dos membros de sua equipe durante uma turnê.

Embora longe dos palcos, a cantora lançou alguns trabalhos esporadicamente nos últimos anos. Em 2005, divulgou seu primeiro álbum em 12 anos, “Aerial”, e em 2011 lançou a coletânea “50 Words for Snow”.

Em abril do ano passado, recebeu a medalha de Comandante da Ordem do Império Britânico (CBE), concedida pela rainha Elizabeth II, por sua contribuição à música. A artista já colaborou com artistas como Prince, Peter Gabriel, Elton John e Eric Clapton.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave