Premiê de Israel declara vitória na guerra em Gaza

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta quarta-feira (27) que "o Hamas foi duramente atingido" durante as sete semanas de combates

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou vitória na guerra em Gaza contra o Hamas, afirmando que o acordo de cessar-fogo não fez qualquer concessão ao grupo militante islâmico.

Em coletiva de imprensa transmitida em rede nacional de televisão, Netanyahu disse nesta quarta-feira  (27) que "o Hamas foi duramente atingido" durante as sete semanas de combates.

Ele disse que pelo acordo de cessar-fogo, que entrou em vigor na terça-feira (26), Israel não aceitou qualquer das exigências do Hamas. Mais de 2 mil palestinos foram mortos nos combates e ataques aéreos e de artilharia israelenses, que também destruíram milhares de moradias e prédios.

As declarações de Netanyahu parecem ter como objetivo conter os críticos que reclamaram de que o cessar-fogo fracassou em derrubar o Hamas ou interromper os ataques de foguetes do grupo contra Israel. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave