Arruda aposta na Justiça comum para garantir candidatura

Defesa argumenta que ele se candidatou antes de condenação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Distrito Federal. Ex-governador José Roberto Arruda aguarda decisão do TSE sobre candidatura
FELIPE COSTA/FUTURA PRESS/ estadão conteúdo - 25.8.2014
Distrito Federal. Ex-governador José Roberto Arruda aguarda decisão do TSE sobre candidatura

Brasília. Em conversa com um advogado de Brasília, o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (PR) diz ter maiores chances de garantir seu registro de candidatura no Superior Tribunal de Justiça (STJ) do que no Tribunal Superior Eleitoral , que tinha julgamento marcado para ontem.

“A situação que eu tenho hoje é que eu tenho uma chance no TSE menor”, disse na conversa em que participaram, entre outras pessoas, o advogado Eri Varela, que há anos atua para o ex-governador Joaquim Roriz. Ao falar sobre o julgamento do TSE, Varela diz acreditar que Arruda será derrotado na corte. Questionado sobre a conversa, o advogado confirmou que foi procurado pelo ex-governador. “Realmente o governador esteve comigo na quarta ou quinta-feira da semana passada (20 ou 21 de agosto). Dei minha opinião de que ele não teria chance no TSE. A jurisprudência era a favor dele no passado, hoje, com as mudanças na lei, não é mais”, disse. No áudio, ao falar que sua chance no TSE é “menor”, Arruda aposta que um recurso apresentado ao STJ será capaz de suspender sua condenação por improbidade no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o que lhe garantiria o direito de disputar as eleições. O candidato ainda teria dito que “é mais difícil conseguir quatro votos (no TSE) do que um milhão de votos (para governador)”. A condenação de Arruda no TJDFT só aconteceu após ele ter dado entrada no seu pedido de registro de candidatura. Esse fato é usado por sua defesa para dizer que a Lei da Ficha Limpa não pode alcançá-lo. Liderança. Apesar da possibilidade de ser sua candidatura barrada, a pesquisa do Ibope divulgada ontem mostra Arruda com 37% das intenções de votos para o governo do Distrito Federal. O atual governador, Agnelo Queiroz (PT), aparece empatado em segundo lugar com Rodrigo Rollemberg (PSB), ambos com 16% das intenções de votos.

Entenda Recurso. O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (PR-DF) foi declarado ficha-suja pelo Tribunal Regional Eleitoral no início do mês, mas sua defesa recorreu.

Histórico. Ele perdeu o mandato, em 2010, por infidelidade partidária, em um desdobramento do escândalo em que se envolveu ao ser filmado recebendo dinheiro, no caso que ficou conhecido como “Mensalão do DEM”, legenda na qual se abrigava na época.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave