Magnano aprova último teste do Brasil antes do Mundial

Seleção canarinho fez jogo-treino com o México, com destaque para a postura defensiva da equipe

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Diante de tradicional seleção de Porto Rico, Brasil quer iniciar a competição com uma boa impressão
Site oficial
Diante de tradicional seleção de Porto Rico, Brasil quer iniciar a competição com uma boa impressão

O desempenho defensivo da seleção brasileira masculina de basquete no jogo-treino contra o México, nesta terça-feira, em Granada, na Espanha, agradou ao técnico Rubén Magnano. O último teste antes da estreia no Mundial teve cinco períodos de dez minutos cada, sendo que não houve preocupação com o placar, que nem foi registrado.

"Foi um teste muito bom e um jogo duro, com muita intensidade, que serviu muito para nossas avaliações. Agora temos três dias para pensar na França. Até o próximo sábado só iremos pensar nos franceses", disse o treinador argentino, referindo-se ao adversário do Brasil na estreia no Mundial da Espanha.

Os pivôs Anderson Varejão e Tiago Splitter também comentaram a atuação da equipe no jogo-treino com o México. "Conseguimos colocar em prática tudo que foi planejado nos treinamentos", afirmou Anderson Varejão. "Foi uma atuação importante às vésperas do primeiro jogo no Mundial. Diminuímos muito bem as ações do México no ataque", disse Tiago Splitter.

Além da França, contra quem estreia no sábado, o Brasil vai encarar Irã, Espanha, Sérvia e Egito na primeira fase do Mundial sempre na cidade espanhola de Granada.

Leia tudo sobre: basquetemagnanoseleção brasileiramexicomundial