Dilma é rejeitada por 36%; Aécio, por 18%; Marina, por 10%

De acordo com a pesquisa, 14% não votariam em Pastor Everaldo (PSC)

iG Minas Gerais | Da Redação |

Pesquisa Ibope encomendada pelo jornal "Estado de S.Paulo" e pela "Rede Globo" mostra que a nova candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, tem a menor taxa de rejeição entre os principais candidatos neste pleito: 10% dos eleitores disseram que não votariam nela de jeito nenhum. A taxa de rejeição de Dilma Rousseff (PT) é de 36% e de Aécio Neves (PSDB), 18%. Segundo a pesquisa, 14% dos eleitores não votariam de jeito nenhum no Pastor Everaldo (PSC). No levantamento anterior do Ibope, feito entre 3 e 7 de agosto, ainda com Eduardo Campos como candidato do PSB, a taxa de rejeição de Dilma era 36%, a de Aécio, 15%. Campos tinha 9% de rejeição e o Pastor Everaldo, 11%. A pesquisa Ibope foi realizada entre 23 e 25 de agosto. Foram feitas 2506 entrevistas em todo o País. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, em um nível de confiança estimado de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro. A pesquisa foi registrada na Justiça eleitoral com o número BR-428/2014.

Leia tudo sobre: eleiçãoeleições2014iboperejeição