Cruzeiro pede liberação de Samudio da seleção por fratura de Egídio

Diretoria celeste enviou ofício à Associação Paraguaia de Futebol, uma vez que perdeu Egídio por tempo indeterminado

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Paraguaio vem sendo importante na Libertadores. Marcou gols contra a LaU e o Cerro Porteño
Reprodução Site Oficial Cruzeiro
Paraguaio vem sendo importante na Libertadores. Marcou gols contra a LaU e o Cerro Porteño

A diretoria do Cruzeiro confirmou na tarde desta terça-feira que pediu à Associação Paraguaia de Futebol que libere o lateral-esquerdo Egídio da convocação feita para os amistosos do Paraguai contra a Ucrânia e Emirados Árabes.

Por volta de 15h desta terça-feira, o supervisor de futebol cruzeirense, Benecy Queiroz, enviou um ofício à entidade que regula o futebol no Paraguai, solicitando que Samudio fosse liberado da convocatória, para não prejudicar a Raposa na sequência do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

"Enviamos na tarde de hoje (terça-feira) um ofício à Associação Paraguaia de Futebol pedindo que o Samudio seja liberado. Ainda não obtivemos resposta, mas até amanhã (quarta-feira) de manhã teremos uma posição concreta da parte deles", disse Benecy Queiroz em entrevista ao Super FC.

Como o lateral-esquerdo titular Egídio sofreu uma fratura na mão esquerda e ficará fora do time por tempo indeterminado, Marcelo Oliveira precisará de um suplente para a sequência do Brasileirão. E a solução encontrada foi solicitar que o suplente fosse desconvocado.

Caso não seja liberado, Samudio poderá desfalcar o Cruzeiro em até três partidas. No jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Santa Rita-AL, em Alagoas, contra o Fluminense, na 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã, e quem sabe contra a Chapecoense, no dia 30 de agosto. Isso, pois a Federação Paraguaia ainda vai publicar a data certa para que os atletas se apresentem para os amistosos.