Casal é preso após roubo de cheques em Betim

Eles são suspeitos de pelo menos 100 roubos e ameaçavam os motoristas da empresa para levar os malotes com o dinheiro

iG Minas Gerais | EVANDRO TELES |

Eles agiam com a ajuda de outras pessoas
Nelson Batista
Eles agiam com a ajuda de outras pessoas

Um casal foi preso em um motel em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (25), suspeito de participação em um roubo de centenas de cheques de uma transportadora.

“O caminhão estava próximo à Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Coração Eucarístico, em Belo Horizonte. O suspeito Vanderly Duque Pereira, de 44 anos, junto com um comparsa, que conseguiu fugir, atacaram o motorista e levaram vários malotes”, confirmou o delegado regional de Betim, Kleyverson Rezende.

Segundo o delegado, após o roubo, Pereira, junto com uma namorada, hospedou-se um motel, em Betim.

“Abordamos o casal no momento em que ele estava separando os cheques, cujo valor estimado supera R$ 1,5 milhão. A suspeita Lívia Maria de Castro, de 31 anos, tentou negar a sua participação no esquema, apesar de ter sido flagrada separando os cheques”, completou o delegado regional.

Pereira já tem passagem pela polícia por roubo, estelionato e porte ilegal de armas. “Já a companheira dele já foi presa antes por disparo de arma de fogo em via pública”, completou.

Após a conclusão do inquérito, Rezende pretende pedir a prisão preventiva do suspeito, que foi encaminhado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Betim. A suspeita foi levada para um presídio de BH.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave