Homem mais alto do mundo morre na Ucrânia

Leonid Stadnik era um veterinário de 44 anos e media 2,57 metros; ele era tão tímido que nunca aceitou o título de recorde do Guinness

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Homem mais alto do mundo morreu na Ucrânia
Kirsty Wigglesworth/AP
Homem mais alto do mundo morreu na Ucrânia

O homem mais alto do mundo morreu nesta terça-feira (26), na Ucrânia. Leonid Stadnik tinha 44 anos e media 2,57 metros. Ele era tão tímido que ele nunca aceitou o título de recorde do Guinness. 

O ucraniano morreu na cidade de Podoliantsi na região Zhytomy, devido a uma hemorragia cerebral. O crescimento anormal de  Stadnik veio depois de uma cirurgia realizada quando ele tinha 12 anos. O procedimento foi aconteceu devido a um tumor na glândula hormonal de crescimento.

Leonid Stadnik era veterinário e morava com a mãe na aldeia onde morreu. Ele pesava cerca de 200 quilos e tinha também o segundo recorde de maior tamanho da mão no registro, com 31 cm de comprimento.

De acordo com o Daily Mirror, o ucraniano sempre viu seu tamanho como um castigo. Ele dizia que sua altura exagerada era uma maldição, um castigo de Deus, e não algo para celebrar.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave