Presos incendeiam cela e motim termina com um morto e sete feridos

Detentos de Campestre começaram a confusão por não concordarem com a transferência para cadeias de cidades vizinhas

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Insatisfeitos com a transferência de cadeia, dez presos resolveram fazer um motim, na noite dessa segunda-feira (25), em Campestre, no Sul de Minas. Após colocar fogo em colchões, o grupo foi atingido pelas chamas. Um homem morreu e sete ficaram feridos.

De acordo com a escrivã da delegacia da cidade, Samanta Miranda, os presos albergados fizeram o protesto em uma cela, que ficou totalmente destruída. “Por determinação judicial, a cadeia será desativada, e ontem (segunda) era a data limite para a transferência dos presos. Mas eles não queriam sair daqui”, explicou a escrivão.

Revoltados, eles começaram a colocar fogo na cela. Dois detentos não foram atingidos pelas chamas. Os oito feridos foram socorridos para hospitais de Alfenas e Poços de Cladas, mas um deles não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo Samanta, a cadeia será desativada por não ter estrutura para acomodar todos os detentos. Eles seriam encaminhados para cadeias de Formiga, Alfenas e Três Corações. Na manhã desta terça-feira (26), começou o processo de transferência dos outros presos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave