Prótese de presente “foi lamentável”, classifica Dilma

Dilma afirmou, porém, que a agricultora “tinha que ter recebido antes” o benefício

iG Minas Gerais |

Brasília. A presidente Dilma Rousseff classificou como “lamentável” e disse que foi um “erro” uma moradora do interior da Bahia ter recebido uma prótese dentária um dia antes da gravação do programa eleitoral da candidata, como revelado pela “Folha de S.Paulo”. A trabalhadora rural Marinalva Gomes Filha, 46, recebeu a prótese a pedido do governo federal.  

Dilma afirmou, porém, que a agricultora “tinha que ter recebido antes” o benefício. “Ali num município próximo tem uma unidade do Brasil Sorridente completa, lá tem o laboratório de prótese. O lamentável é que tenha dado pra ela só um dia antes de minha chegada. Tinha obrigação de, quando ela recebesse o Bolsa Família, recebesse também (a prótese), porque essa é a parceria”.

Reforma. A candidata foi informada pelo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, dom Raymundo Damasceno Assis, que a entidade vai recolher, no dia 7 de setembro, assinaturas para um plebiscito sobre a reforma política.

Exceção

Mensalão. O site “Brasil da Mudança”, do Instituto Lula, postou um novo texto no qual exalta o combate à corrupção das gestões do ex-presidente e de Dilma, mas ignora o escândalo do mensalão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave