Risco das arbitragens e a camisa 9 em questão

iG Minas Gerais |

Na vitória sobre o Internacional, não foi o Atlético que andou dando show em muitos jogos até meados de 2013 nem o inconstante do segundo semestre do ano passado até agora. Foi um time eficiente, que, com a ida de Diego Tardelli para o comando de ataque, cresceu demais de produção, especialmente com Luan como o “garçom”, veloz e habilidoso, que já merece ganhar oportunidades reais como titular. Tardelli não gosta de atuar como centroavante, mas, caso aceite a missão, resolverá um grave problema do técnico Levir Culpi, já que André continua da pior qualidade e Jô não correspondeu às expectativas depois do retorno da seleção brasileira. Na seleção Dunga convocou a seleção brasileira sem um camisa 9 específico, possivelmente acreditando no potencial de Tardelli nessa função. Isso pode ajudar o comandante atleticano a convencer o jogador a desempenhar esse papel com a camisa alvinegra. Na zaga, o ex-júnior Jemerson está formando ótima dupla com Leonardo Silva e não deixa a torcida sentir nenhuma saudade de Réver. Na cúpula do Galo, Alexandre Kalil saiu fora da política partidária e não é mais candidato a deputado. Ótimo para o Atlético e para ele. Resistência Os noticiários esportivos nacionais das redes de TV resistiam à supremacia do Cruzeiro até domingo, antes da derrota do Corinthians para o Grêmio. A goleada do time paulista de 5 a 2 sobre o Goiás repercutiu como se ele tivesse assumido a liderança do campeonato. Foi assim também em 2013, até meados do segundo turno, quando a supremacia azul era inquestionável, e a mídia nacional teve que admitir. O mercado A torcida pelo São Paulo também é grande e aumentará com a vitória do time comandado por Muricy Ramalho no clássico contra o Santos. Entre os clubes cariocas, o Fluminense voltou a aparecer como esperança da mídia nacional de incomodar a hegemonia celeste. Não se trata apenas de “torcida” por clubes de Rio e de São Paulo, mas de mercado publicitário e de altos interesses financeiros dos donos dos direitos de transmissão. Reação americana Que partida do América contra a Ponte Preta! Outra vitória convincente, contra um ótimo adversário. Sétima vitória consecutiva do Coelho no Independência e o retorno à liderança da segundona nacional. Disputa acirrada por uma vaga na Série A. O sonho de todo americano é que o time mantenha pelo menos um pouco dessa regularidade caseira também fora!

Ressurreição Com o triunfo em Criciúma, foi a quarta vitória consecutiva do Flamengo, que saiu do buraco e está ressuscitando também o técnico Vanderlei Luxemburgo. O rubro-negro já tem, naturalmente, destaque especial da mídia nacional e não demora será até apontado como candidato ao título! O grande perigo dessa reação de cariocas e paulistas é a tendência absurda de “erros” das arbitragens a favor deles no confronto com mineiros e gaúchos.

Debates na UFMG I Recebi do professor de educação física Francisco Ferreira, que já trabalhou no Cruzeiro, no Atlético e em outros clubes brasileiros, convite, que é extensivo a todos os interessados no assunto, para três encontros que visam debater o presente e o futuro do futebol brasileiro. O primeiro encontro foi ontem na Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG, localizada na portaria da avenida Carlos Luz (Catalão), campus Pampulha. O segundo encontro será no dia 8 de setembro, as 20h, e, o terceiro, no dia 22 de setembro.

Debates na UFMG II Nesses primeiros encontros, serão debatidas, de maneira informal, propostas de mudanças reais para o futebol brasileiro. Segundo o professor Chico Ferreira, “um verdadeiro “brain storm” que, posteriormente, será filtrado e formatado para o seminário internacional que deverá ser realizado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, com a presença de algumas personalidades de renome do nosso futebol e, possivelmente, do futebol europeu, que tenha acompanhado o processo de modernização iniciado há cerca de dez anos nas federações da Alemanha, da Bélgica e outras. Contatos e mais informações com o professor Chico Ferreira no e-mail: chicotoca3@hotmail.com.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave